top of page
  • Foto do escritorjomaciel

Fogos, relâmpagos e ruidos


O medo de fogos ou trovões ou outros ruídos podem se tornar uma fobia, que é definida como uma resposta de medo persistente, excessivo e irracional.

Um estudo recente descobriu que determinadas raças de cães têm um risco acima da média de desenvolver fobias de ruído. Estes incluem algumas das raças como Collies, pastores alemães, Beagles, e Basset.

O estudo também descobriu que os cães que tiveram ansiedade de separação eram mais propensos a ter também medo de fogos, do ruído e trovoada.

A fobia de ruído pode ser atribuída a uma má experiência, mas muitas vezes, nenhum evento desencadeador explícito pode ser verificado.

O medo pode aumentar e piorar a cada exposição.

Foi observado também que o animal pode ficar com medo de sons ou eventos associados ao ruído semelhantes. Por exemplo, um animal de estimação com medo de trovões, também pode tornar-se medo de chuva, ou um cão com medo de tiros, pode mostrar medo à simples visão de um rifle de caça.

A atitude do Tutor pode influenciar a gravidade do medo. Por exemplo, se os próprios Tutores estão nervosos durante as tempestades, fobias de ruído em seus animais de estimação pode ocorrer com mais frequência ou se tornar mais grave.


Quais são os sinais de fobia barulho?


Diferentes animais podem exibir diferentes sinais de fobias de ruído, que incluem:

• Se esconder (sinal mais comum em gatos)

• urinar

• defecar

• Mastigar com força

• ofegação

• Ficar andando de um lado para outro

• Tentando escapar (cavar, saltar através de janelas ou ir através de paredes, fugindo)

• babando

• seguir o tutor o tempo todo

• liberação das glândulas anais

• não comer

• Não ouvir comandos

• Tremor

• Pupilas dilatadas

• Vocalizando (latir ou uivar)


Como é tratada a fobia barulho?


A eficácia do tratamento depende de uma série de fatores incluindo a gravidade da fobia; quanto tempo o animal de estimação já passou por ela; se é permanente, sazonal ou imprevisível; e da quantidade de tempo que o Tutor está disposto a comprometer-se as técnicas de modificação de comportamento.


O animal não deve ser punido por mostrar medo. Isso só vai aumentar o seu nível de ansiedade. Em vez disso, a confiança no Tutor, em dar a sua atenção se precisar, oferecer atividades e protocolos certos, vai deixá-lo mais calmo. Normalmente, o tratamento inclui três outras facetas: medicamentos, mudando o ambiente, e modificação de comportamento.


Administrar medicamentos:

Os medicamentos podem ser administrados individualmente ou em combinação. Em alguns casos, a medicação pode ser administrada durante toda a vida ou usada pontualmente . O seu veterinário é o melhor profissional para orienta-los.

Se existe uma possibilidade de uma tempestade previsto para a tarde, o animal deve começar a receber a medicação na parte da manhã. Animais de estimação que também apresentam ansiedade de separação podem precisar de uma combinação diferente de medicamentos.

As terapias alternativas também têm sido utilizadas com algum sucesso.

Feromônios como Adaptil e para gatos feromônios encontrados em produtos Feliway pode ajudar muito.


Mudar o meio ambiente:

Ao alterar o ambiente do animal durante a tempestade ou ruído, pode diminuir o nível de ansiedade. Um ambiente seguro e aconchegante pode reduzir o nível de estresse.


Aumentar o exercício antes do evento para que o cão relaxe e ajudar a cansar, tanto mentalmente e fisicamente, e pode fazê-lo menos sensível ao ruído. Além disso, o exercício físico tem o efeito de aumentar os níveis de serotonina natural, que pode atuar como um sedativo.


Reduzir ou bloquear o nível de ruído: "ruído BRANCO ou MARTOM pode ajudar a bloquear alguns do ruído que produzem medo. (O volume do ruído branco ou marrom deve ser maior que os ruídos externos)

Alguns Tutores podem colocar tampões de espuma ou bolas de algodão nos ouvidos de seus animais podem ajudar também .


Criar um refúgio seguro: Alguns animais de estimação se sentir mais confortáveis em um espaço pequeno, como uma caixa ou uma pequena sala, de baixo da cama , lugares escondidos e escuros). Alguns animais de estimação buscar a segurança de uma toca durante uma tempestade. Se o animal está confortável em uma caixa, a caixa pode ser coberta com um cobertor para adicionar à sensação de segurança. A porta para a caixa deve ser deixada em aberto para que o animal não limitar-se à caixa, o que poderia aumentar dramaticamente o nível de estresse. Alguns animais de estimação, especialmente gatos, pode achar que um armário ou área sob a cama faz um bom refúgio.


Projetar uma atitude calma: Animais de estimação são muito importantes . Se você está preocupado ou nervoso, isto irá adicionar ao medo do animal. Seu animal de estimação vai olhar para você e te observar . Sendo assim, uma atitude e "otimista" "responsável" é a melhor opção.

Manter a boa saúde e nutrição: Problemas de saúde podem aumentar o nível de estresse dos animais de estimação, e aumentar a sua ansiedade. Por exemplo, um cão de dor por causa da displasia da anca pode estar mais irritável e propenso a outras mudanças de comportamento.

Consulte seu veterinário se você gostaria de conselhos sobre como alterar a dieta do seu animal de estimação.


A modificação do comportamento: Técnicas especiais podem ser usados para ajudar a modificar a resposta do animal ao ruído.

Counterconditioning: Usando counterconditioning, o animal aprende a exibir um comportamento aceitável em vez de um inaceitável como resposta a certos estímulos. Desta forma, um estímulo negativo pode tornar-se associado a um evento positivo.

Dessensibilização: Usando a dessensibilização da resposta do animal é diminuída, enquanto ele está exposto a níveis crescentes do estímulo produtoras de medo. Para fobias de ruído, o animal é ensinado a ser calmo quando o nível de ruído é baixo e, em seguida, o nível de ruído é aumentada gradualmente. Procure um profissional do comportamento para te ajudar nesse item.


Conclusão

O medo de tempestades, fogos de artifício, e outras formas de fobia de ruído são problemas comuns em cães e alguns gatos. Administração de medicamentos, juntamente com a mudança de ambiente do animal de estimação, e usando técnicas de modificação de comportamento pode ajudar a aliviar o medo.

2 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page